Modelo: Escolhido dos Deuses


Escolhido dos Deuses“ Para seres de poderes infinito ‘muito’ não basta, eles queriam oferecer mais, e assim nasceram os escolhidos… Crianças amadas pelos Deuses ”
— Proverbio.

Lindíssimas dríades em trajes de flores vivas dançando sob a arvore do mundo para alegrar Allihanna. No reino do seu irmão Megalokk, homens-escorpião capturam vítimas para alimentar o deus dos monstros. Anjos-do-mar servem o grande oceano em seu palácio, enquanto a infinita biblioteca dos planos é protegida pelos golens vivos de Tanna-Toh.
É raro que um deus maior seja encontrado fora de seu próprio plano. Quase todas as divindades maiores vivem em lugares especiais, que marcam o centro dos reinos dos deuses. Em suas moradas sagradas (ou profanas), além dos próprios deuses, encontramos verdadeiras populações de criaturas especiais. Seres de belezas ou poderes incríveis, escolhidos ou criados pela própria mão divina de seu patrono.
As divindades do panteão cercam-se de servos que atuam como guardas, criados, companheiros ou mesmo amantes. Muitas vezes estas criaturas são geradas a partir da própria vontade divina, nascendo do nada. Outras vezes são escolhidas entre almas recém-chegadas dos mortos, e então transformadas. É um convite difícil de recusar: viver na morada dos deuses é possivelmente a maior honra concedida a um mortal, e em geral significa uma eternidade de alegrias e prazeres. De fato, a maior parte dos clérigos, paladinos, druidas e outros servos dos deuses sonham receber essa recompensa após uma vida de total dedicação.
Escolhidos existem apenas nos lares dos deuses, sendo muitíssimo raro encontra-los em qualquer outro lugar do multiuniverso e os deuses investem neles parte significativa de seu poder e atenção, e não desejam de forma alguma perde-los de vista. Ao longo das eras, servos importantes já foram raptados por divindades rivais (ou por seus cultistas) e então usados como reféns para assegurar favores. Por outro lado, em ocasiões excepcionais, pode ser permitido a um escolhido abandonar a proteção de seu patrono por um breve período.
Também é possível que o escolhido fuja de seus lares. Correm rumores, por exemplo, de que recentemente o deus do Caos ficou tão furioso que apavorou todos os moradores da mansão de Nimb. Eles se refugiaram em vários pontos de Arton, assumindo formas e identidades diversas. Agora vivem disfarçados de criaturas “comuns” – sendo que muitos clérigos do Caos têm recebido, através de sonhos insanos, a missão de capturar os “anjos de Nimb”.
Seja nascido da centelha criadora, seja transmutado pela vontade dos deuses, um escolhido é uma versão aperfeiçoada de uma criatura normal. Sua exata natureza depende da divindade a quem serve. No tribunal de Khalmyr, por exemplo, encontramos humanos, anões e pégasos; no palácio da paz, a deus Marah é servida por ninfas, elfos, halflings… e assim por diante.
Embora sejam conhecidos coletivamente como “escolhidos”, na verdade cada tipo de criatura é único. Muitas vezes eles são chamados por nomes ligados à sua divindade como “crianças de Lena”, “anjos de Nimb”, “horrores de Megalokk” e outros.

Escolhido dos Deuses ND 1 – Modelo

Tipo: muda para espirito. Magias que enviam extra-planares de volta ao Plano de origem não os afetam (mas magias de banimento, que expulsam a vítima do Plano do conjurador, sim).

Habilidades: +2 em uma habilidade a escolha do jogador.

Qualidades Especiais: um escolhido pode escolher três entre as seguintes habilidades não repetidas (o mestre pode bloquear algumas habilidades para certos deuses, como não permitir presas e garras para Marah):

  • Asas: DES +2. Adquire um par de asas e vôo com o dobro de deslocamento normal. Caso já seja alada, recebe um par de asas adicional e seu deslocamento em vôo é dobrado.
  • Garras melhores: FOR +2. Criaturas-base com garras aumentam em uma categoria o dano das suas garras. Criaturas sem garras recebem garras com dano igual ao de dano uma adaga.
  • Presas melhores: FOR +2. Criaturas-base com mordida aumentam em uma categoria o dano de sua mordida. Criaturas sem habilidade de mordida não podem receber esta habilidade.
  • Aptidão Arcana: Escolha entre INT +2 ou CAR +2. Para cada nível de personagem você aprende uma magia arcana com nível de conjurador arcano (do modificador escolhido) igual ao seu nível de personagem. Você também recebe um ponto de magia extra por nível.
  • Aptidão Divina: SAB +2. Para cada nível de personagem você aprende uma magia divina com nível de conjurador divino igual ao seu nível de personagem. Você também recebe um ponto de magia extra por nível.
  • Membros: FOR +2. A criaturas-base recebe um par de braços (ou patas, tentáculos ou semelhantes) extras, com garras aumentam em uma categoria o dano das suas garras. Criaturas sem membros não podem receber esta habilidade
  • Dom Divino: DES +2. A criaturas-base torna-se extremamente proficiente em uma perícia, com esta pericia você recebe um bônus de +8 nela, recebendo treinamento na mesma caso não possua.
  • Percepção ás cegas: SAB +2. A criatura-base pode se orientar-se pelos outros sentidos além da visão (geralmente pelo faro, audição, vibrações no solo ou outras condições ambientais).
  • Redução de Dano: CON +2. Criaturas de tamanho pequeno ou menor recebem RD 1/– , criaturas de médio ou grande recebem RD 2/–, criaturas de tamanho enorme ou maior recebem RD 3/–.
  • Regeneração: CON +2. Você recebe Auto-Cura 1, regenerando um ponto de vida por turno, ou todos os pontos de vida com 8 horas de descanso. Esta habilidade afeta mortos vivos e construtos e outras criaturas que não podem se curar com tempo.
  • Resistência: Escolha entre CON +2, DES +2 ou SAB +2. Você recebe +2 em todos os testes de resistência.
  • Resistência à magia: Escolha entre INT +2, SAB +2 ou CAR +2. Você recebe +4 em testes contra magias.
  • Resistência a elementos: +2 em uma habilidade a escolha do jogador. Se o seu deus for benigno receba resistência a ácido, frio e eletricidade 5. Se o seu deus for maligno receba resistência a fogo, frio e eletricidade 5. Para deuses neutros você pode escolher qualquer uma das duas opções. Os escolhidos dos deuses sempre ignoram os primeiros 5 pontos de dano provocado por estas energias.

Tesouro: um escolhido dos deuses é abençoado com a riqueza. Você sempre recebe tesouro aumentando a recompensa em um nível. Por exemplo, derrotar um Centauro ND1 concede o tesouro de um Centauro ND2.

ND: +1

Língua Adicional: Abissal, Celestial ou Infernal (de acordo com o deus).

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s